Alimentação da Gestante no Terceiro Trimestre

O terceiro trimestre da gestação é considerado o mais desconfortável para a maioria das mamães. Nessa fase, o bebê está praticamente formado e fica apenas ganhando peso. E quem carrega esse peso? rs… O bebê maior acaba deixando pouco espaço “dentro” da mãe, que acaba sentindo esse desconforto. É por isso que, para a alimentação da gestante no terceiro trimestre, devemos levar em consideração minimizar esses desconfortos.

Alguns desconfortos no terceiro trimestre de gestação

  • Sensação de empachamento ou barriga cheia (imagina com um bebezão lá dentro…)
  • Cólicas
  • Dificuldades para evacuar
  • Maior necessidade de urinar
  • Desconforto gastrointestinal
  • Hemorroidas

Acho que não dá pra pensar em alimentação e não levar em conta esses desconfortos né? Quem já passou por isso sabe bem o que estamos falando.

Alimentação da Gestante no Terceiro Trimestre

No terceiro trimestre de gestação, o foco é na hidratação, ferro e cálcio. Vamos dar uma olhada em algumas informações sobre eles.

Água

Com ela você melhora a circulação sanguínea, estabiliza a pressão arterial, previne infecção urinária, elimina toxinas e deixa o líquido amniótico em níveis adequados para o baby. Então, beba aproximadamente 2 litros de água por dia, evitando tomar água em excesso de uma vez só pra não dar aquele desconforto. O ideal é beber ao longo do dia. Dessa forma, dá tempo de esvaziar a bexiga confortavelmente.

Ferro

Mineral de extrema importância para o desenvolvimento do feto, no terceiro trimestre se torna mais importante ainda por prevenir anemia na mamãe. Atenção mulheres vegetarianas, falem com seu médico, pois uma das principais fontes de ferro é a carne vermelha. Eles podem dar as orientações para que não haja falta de ferro no seu organismo. 😉

Mais algumas coisinhas sobre o ferro: reduz a chance do bebê nascer prematuro, reduz o risco de morte materna e melhora a resistência às infecções.

Uma curiosidade que nem todos sabem, é que existem dois tipos de ferro: ferro heme e ferro não-heme.

Ferro heme

Está presente nos alimentos de origem animal: carne vermelha, gema de ovo, aves, peixes e miúdos (fígado, moela, coração). O ferro heme é mais facilmente absorvido pelo nosso organismo.

Ferro não-heme

Está presente nos alimentos de origem vegetal: grãos, verduras, legumes e cereais. O ferro não-heme precisa de uma “ajudinha” para ser melhor absorvido pelo nosso organismo. E quem pode nos ajudar é a vitamina C, como a laranja, limão e morango.

Se você quiser mais informações sobre Ferro, encontramos um artigo muito legal nesse site aqui.

Cálcio

O cálcio é o principal mineral dos ossos e dos dentes, muito importante no final da gravidez. Ajuda o feto no equilíbrio dos batimentos cardíacos e na coagulação do sangue. Segundo os especialistas, pode ajudar a gestante no combate à hipertensão e, por consequência, reduzir os riscos da pré-eclâmpsia.

Fazer atividades físicas contribui para a absorção do cálcio. Então, caso seu médico libere, faça! 😉

Leite e seus derivados, espinafre, brócolis, linhaça, etc. são boas dicas para a alimentação da gestante.

Será que a mamãe deve comer por dois?

Esse negócio de que a gestante deve comer por dois é mito, pois engordar além do normal pode prejudicar o desenvolvimento saudável do bebê. Durante a gravidez, seu corpo fica mais eficiente na absorção de nutrientes. Por isso, se você dobra a quantidade de comida, você dobra sua chance de engordar desnecessariamente.

Aqui você encontrou algumas dicas importantes sobre a alimentação da gestante no terceiro trimestre. Uma mamãe antenada vale muito! Parabéns por estar procurando as informações necessárias para o bom desenvolvimento do bebê.

Mas… mesmo assim, é muito importante consultar seu médico regularmente para seguir a SUA melhor dieta durante a gravidez. 😉

Você já fez o seu Chá de Bebê? Se não fez, dá uma olhada nessa Lista de Chá de Bebê que fizemos para você.

Fica bem =D

Chá de bebê online

Chá de bebê online: www.ivainascer.com.br 

Deixe um comentário